3 curtas para conhecer o trabalho de Kleber Mendonça Filho antes da estreia de Bacurau

Kleber Mendonça Filho recebeu neste ano, junto do diretor Juliano Dornelles, o Prêmio do Júri do Festival de Cannes, pelo filme Bacurau, primeiro longa brasileiro a vencer tal premiação. Anteriormente, o diretor já havia concorrido à Palma de Ouro do festival com o filme Aquarius, protagonizado por Sônia Braga.

Além disso, Kleber também é o diretor por trás do longa O Som ao Redor, um dos mais importantes filmes brasileiros da década e o mais premiado do cinema pernambucano dos últimos vinte anos.

É claro que com tantas referências, todos queremos conferir o resultado da última obra do diretor. Mas enquanto Bacurau não estreia em terras brasileiras, nós trazemos para vocês três importantes curtas de sua carreira, que demonstram um pouco sobre a direção e roteiro de Mendonça Filho. Os curtas estão disponíveis online e você pode assisti-los abaixo:

RECIFE FRIO (2009)

Recife Frio trata-se de um falso documentário, onde o diretor mostra mudança climática em Recife que, de repente, passa a ser espantosamente fria. O fato transforma a população e a cultura local.

Veja abaixo:

VINIL VERDE (2004)

Selecionado para a Quinzena dos Realizadores em Cannes, no ano de 2005, Vinil Verde narra a história de uma menina que ganha de sua mãe uma caixa com discos de músicas infantis coloridos, mas a menina não deve ouvir o disco verde.

Veja abaixo:

A MENINA DO ALGODÃO (2003)

Nesse curta, Kleber Mendonça Filho divide a direção com Daniel Bandeira, onde trazem a lenda da garotinha morta que aterrorizou crianças nas escolas do Recife, nos anos 70.

Veja abaixo:

Bacurau estreia nos cinemas brasileiros no dia 29 de agosto.