Filme nacional “A vida invisível de Eurídice Gusmão” vence mostra Um Certo Olhar, em Cannes, confira:

O longa brasileiro A vida invisível de Eurídice Gusmão é o grande vencedor da mostra Um Certo Olhar, em Cannes. A premiação aconteceu nessa sexta-feira (24). É a primeira vez que o Brasil vence a mostra que é a principal competição paralela à Palma de Ouro.

A trama narra a história de duas irmãs que vivem no Rio de Janeiro dos anos 50, que percebem os seus sonhos destruídos pela sociedade machista e altamente conservadora da época. No papel de Eurídice estão Fernanda Montenegro e Carol Duarte, a direção é do cearense Karim Aïnouz.

A mostra Um Certo Olhar acontece paralelamente à Palma de Ouro e premia os filmes com uma linguagem mais experimental. A presidente do júri desta edição foi a diretora e atriz libanesa Nadine Labaki.

“Antes de qualquer coisa, é importante que este prêmio possa incentivar o futuro do cinema brasileiro, a diversidade da nossa cultura para que tenhamos um Brasil melhor do que estamos vivendo agora. Queria dedicar especialmente para a minha amada Fernanda Montenegro, para todas as atrizes do filme e para todas as mulheres do mundo.”, disse Karim ao receber o prêmio.

A vida invisível de Eurídice Gusmão é baseado no livro homônimo de Martha Batalha. Completam o elenco Júlia Stockler, Gregório Duvivier, Marcio Vito e Nikolas Antunes. A estreia do longa no Brasil está prevista para novembro deste ano.

Confira o trailer da produção abaixo: