Grande Prêmio do Cinema Brasileiro | Confira os vencedores e vencedoras deste ano:

Aconteceu na última (14) quarta-feira o 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, que pela primeira vez ocorreu em São Paulo e não no Rio de Janeiro, como de costume.

Em 2019, o longa Benzinho, de Gustavo Pizzi, foi o grande vencedor da noite, conquistando os prêmios de melhor longa-metragem, melhor direção, melhor atriz e melhor atriz coadjuvante, entre outros. Abaixo você confere a lista com as principais categorias da premiação e seus vencedores e vencedoras:

Melhor longa-metragem de ficção

  • A Voz do Silêncio
  • Benzinho (VENCEDOR PELO JÚRI)
  • Chacrinha: O Velho Guerreiro (VENCEDOR PELO VOTO POPULAR)
  • O Grande Circo Místico
  • O Paciente: O Caso Tancredo Neves

Melhor longa-metragem documentário

  • A Luta do Século
  • Ex Pajé (VENCEDOR PELO JÚRI)
  • My Name is Now, Elza Soares (VENCEDOR PELO VOTO POPULAR)
  • O Processo
  • Todos os Paulos do Mundo

Melhor longa-metragem comédia

  • Minha Vida em Marte (VENCEDOR)
  • Mulheres Alteradas
  • Não se Aceitam Devoluções
  • Os Farofeiros
  • Todas as Razões Para Esquecer
  • Uma Quase Dupla

Melhor direção

  • Aly Muritiba, por Ferrugem
  • Andrucha Waddington, por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • Carolina Jabor, por Aos Teus Olhos
  • Gabriela Amaral Almeida, por O Animal Cordial
  • Gustavo Pizzi, por Benzinho (VENCEDOR)

Melhor Atriz

  • Adriana Esteves, por Canastra Suja
  • Débora Falabella, por O Beijo no Asfalto
  • Gace Passô, por Praça Paris
  • Karine Teles, por Benzinho (VENCEDORA)
  • Marjorie Estiano, por As Boas Maneiras

Melhor Ator

  • Daniel de Oliveira, por 10 Segundos para Vencer
  • Lázaro Ramos, por O Beijo no Asfalto
  • Murilo Benício, por O Animal Cordial
  • Otávio Müller, por Benzinho
  • Othon Bastos, por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • Stepan Nercessian, por Chacrinha: O Velho Guerreiro (VENCEDOR)

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Adriana Esteves, por Benzinho (VENCEDORA)
  • Fernanda Montenegro, por O Beijo no Asfalto
  • Gilda Nomacce, por As Boas Maneiras
  • Laura Cardono, por Encantados
  • Marjorie Estiano, por Paraíso Perdido
  • Sandra Corveloni, por 10 Segundos para Vencer

Melhor ator coadjuvante

  • Ailton Graça, por Mare Nostrum
  • Enrique Diaz, por Ferrugem
  • Matheus Nachtergaele, por O Nome da Morte (VENCEDOR)
  • Milhem Cortaz, por Canastra Suja
  • Otávio Müller, por O Beijo no Asfalto
  • Otávio Müller, por O Paciente: O Caso Tancredo Neves

Melhor roteiro original

  • Aly Muritiba e Jessica Candal, por Ferrugem
  • André Ristum, por A Voz do Silêncio
  • Claudio Paiva, Julia Spadaccini e Carla Faour, por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • Gabriela Amaral Almeida, por O Animal Cordial
  • Juliana Rojas e Marco Dutra, por As Boas Maneiras
  • Karine Teles e Gustavo Pizzi, por Benzinho (VENCEDOR)

Melhor roteiro adaptado

  • Carlos Dieges e George Moura, por O Grande Circo Místico (VENCEDOR)
  • Felipe Hirsch, por Severina
  • Gustavo Lipsztein, por O Paciente: O Caso Tancredo Neves
  • Jorge Furtado, Ana Luiza Azevedo e Vicente Moreno, por Rasga Coração
  • Murilo Benício, por O Beijo no Asfalto

Melhor efeito visual

  • Claudio Peralta, por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • Cyrille Bonjean, Guilerme Ramalho, Hugo Gurgel, Guillaume Castagné, Nicolas Herlin e Eduardo Schaal, por As Boas Maneiras
  • Marcelo Siqueira e Thierry Delobel, por O Grande Circo Místico (VENCEDOR)
  • Marcelo Siqueira, por Motorrad
  • Marco Prado, por O Doutrinador – O Filme

Melhor trilha sonora original

  • Antonio Pinto, por Chacrinha: O Velho Guerreiro
  • Antonio Pinto, por O Banquete
  • Berna Ceppas, por 10 Segundos para Vencer
  • Edu Lobo, por O Grande Circo Místico
  • Elza Soares e Alexandre Martins, por My Name is Now, Elza Soares (VENCEDOR)

Melhor montagem – ficção

  • Gustavo Giani, por A Voz do Silêncio
  • Idê Lacreta, por O Animal Cordial
  • Livia Serpa, por Benzinho (VENCEDOR)
  • Lucas Gonzaga, por Motorrad
  • Mair Tavares e Daniel Garcia, por O Grande Circo Místico
  • Thiago Lima, por Chacrinha: O Velho Guerreiro