Grande Prêmio do Cinema Brasileiro | Veja a lista com os vencedores e vencedoras do maior prêmio do cinema nacional

Na semana passada, aconteceu na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, a cerimônia de premição do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. Bingo – Rei das Manhãs, que no ano passado brigou por uma vaga no Oscar, foi o grande vencedor da noite, levando um total de oito prêmios.

Laís Bodanzky, diretora de Como Nossos Pais, foi escolhida na categoria de melhor direção, o filme venceu também na categoria de melhor atriz, premiando Maria Ribeiro.

Confira todos os vencedores e vencedoras abaixo:

Melhor Filme:

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Filme – Júri Popular: 

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Documentário: 

Divinas Divas

Melhor Documentário – Júri Popular:

Cora Coralina – Todas as Vidas

Melhor Comédia: 

Divórcio

Melhor Animação: 

Historietas Assombradas – O Filme

Melhor Filme Infantil: 

D.P.A. – O Filme

Melhor Direção:

Laís Bodanzky (Como Nossos Pais)

Melhor Atriz:

Maria Ribeiro (Como Nossos Pais)

Melhor Ator:

Vladimir Brichta (Bingo – O Rei das Manhãs)

Melhor Atriz Coadjuvante:

Sandra Corveloni (A Glória e a Graça)

Melhor Ator Coadjuvante:

Augusto Madeira (Bingo – O Rei das Manhãs)

Melhor Direção de Fotografia: 

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Roteiro Original:

 A Glória e a Graça

Melhor Roteiro Adaptado: 

Real – O Plano por Trás da História

Melhor Direção de Arte:

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Figurino: 

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Maquiagem: 

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhores Efeitos Visuais: 

Malasartes e o Duelo com a Morte

Melhor Montagem – Ficção: 

Bingo – O Rei das Manhãs

Melhor Montagem – Documentário:

 Divinas Divas

Melhor Som: 

João, o Maestro

Melhor Trilha Sonora Original: 

O Filme da Minha Vida

Melhor Trilha Sonora: 

João, o Maestro

Melhor Filme Estrangeiro: 

Uma Mulher Fantástica

Melhor Filme Estrangeiro – Júri Popular: 

La La Land – Cantando Estações

Melhor Curta de Animação: 

Vênus-Filó, a Fadinha Lésbica

Melhor Curta Documentário: 

Ocupação do Hotel Cambridge

Melhor Curta de Ficção: 

A Passagem do Cometa