Lista | 5 filmes nacionais lançados em 2017 dirigidos por mulheres

Em 2017, mulheres lutaram e conseguiram maior visibilidade em diversos campos da sociedade, no cinema não foi diferente. Portanto, não poderíamos encerrar o ano sem destacar produções do cinema nacional comandadas por elas. Veja a lista:

DIVINAS DIVAS

1476795632_765137_1476796072_noticia_normal
Imagem divulgação – Divinas Divas

Divinas Divas retrata a trajetória da primeira geração de travestis do Brasil. Rogéria, Valéria, Jane di Castro, Camille K., Fujica de Holliday, Eloína, Marquesa e Brigitte de Búzios trazem histórias e memórias de um grupo que revolucionou uma época.

Direção: Leandra Leal

COMO NOSSOS PAIS

como-nossos-pais-755x445
Imagem divulgação – Como Nossos Pais

Uma mulher que almeja a perfeição como profissional, mãe, filha, esposa e amante, é filha de intelectuais e mãe de duas meninas pré-adolescentes, assim, ela acaba pressionada por duas gerações que exigem dela o impossível.

Direção: Laís Bodansky

A CIDADE ONDE ENVELHEÇO

00acidade
Imagem divulgação – A Cidade onde Envelheço

Uma jovem portuguesa que vive no Brasil recebe em sua casa uma amiga com quem já não tinha contato. Surge uma profunda ligação entre elas: enquanto uma lida com a saudade irremediável de casa, a outra vive uma aventura em um novo país.

Direção: Marília Rocha

O ANIMAL CORDIAL

451458.jpg-r_1280_720-f_jpg-q_x-xxyxx
Imagem divulgação – O Animal Cordial

Um pacato dono de um restaurante de classe média vivencia um assalto ao seu estabelecimento durante o fim do expediente. Em meio ao tumulto, ele precisa encontrar meios de defender os funcionários e clientes da violência.

Direção: Gabriela Amaral Almeida

ERA O HOTEL CAMBRIDGE

1490015804_432739_1490019904_noticia_normal
Imagem divulgação – Era o Hotel Cambridge

Um grupo de sem-tetos tem que dividir com refugiados recém-chegados ao Brasil, um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Os novos moradores do prédio têm que lidar com seus dramas pessoais e também conviver com pessoas que, em meio as diferenças culturais, também enfrentam as ruas e os seus males.

Direção: Eliane Caffé

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.