Lista | 9 filmes nacionais lançados neste século e que você precisa assistir

Em 2018, o público brasileiro vem caminhando e abandonando a ideia de que o cinema nacional não possui boas produções, assim como aquelas pessoas autodenominadas cults estão tendo que dar o braço a torcer e aceitar que o cinema brasileiro ganhou um novo fôlego e possui filmes tão bons – ou melhores – do que as produções clássicas realizadas durante o Cinema Novo (anos 60).

Mas, se você ainda é um daqueles que não acredita e não se rende ao cinema nacional ou simplesmente está aqui em busca de um bom filme, nós separamos essa lista com oito longas-metragens produzidos nos últimos dezoito anos, que marcam a qualidade do cinema brasileiro em todos os gêneros.

Saneamento Básico, o filme (2007)

Moradores lutam para conquistar o saneamento para a pequena vila onde vivem, mas se deparam com a falta de dinheiro no orçamento público, o que os leva a tentar conseguir a verba de modos alternativos. Uma das melhores comédias já realizadas no Brasil. Fernanda Torres, Camila Pitanga e Vagner Moura estão no elenco.

Direção: Jorge Furtado

Veja o trailer:

Reflexões de Um Liquidificador (2010)

A trama acompanha Elvira (Ana Lúcia Torre), uma mulher que passa por grandes problemas depois que o seu marido desaparece. Essa é uma história que vira uma bola de neve de confusões narrada por um liquidificar, que ganha voz depois de retornar de um conserto.

Direção: André Klotzel

Veja o trailer:

Heleno (2012)

Nos anos 40, Heleno de Freitas (Rodrigo Santoro) era o jogador de futebol sensação do momento. Conhecido como príncipe do Rio de Janeiro, seu talento e beleza não foram suficientes para que ele transformasse o seu péssimo comportamento e indisciplina.

Direção: José Henrique Fonseca

Veja o trailer:

Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios (2012)

Um fotógrafo (Gustavo Machado) resolve trocar a cidade de São Paulo por uma pequena cidade no interior do Pará. Lá, ele encontra a beleza que sempre procurou na vida, tudo em uma única mulher (Camila Pitanga), curiosamente casada com o pastor local.

Direção: Beto Brant, Renato Ciasca

Veja o trailer:

Abril Despedaçado (2001)

Ambientado no sertão brasileiro no ano de 1910, o longa acompanha Tonho (Rodrigo Santoro), que se vê pressionado pelo seu pai a vingar a morte de seu irmão, assassinado por uma família rival, mas ele sabe que também será morto caso consiga a vingança. Perturbado com a iminência de sua morte, Tonho passa a questionar a existência de tradições violentas.

Direção: Walter Salles

Veja o trailer:

O Cheiro do Ralo (2006)

Um ganancioso proprietário de loja de penhores (Selton Melo) pratica jogos sórdidos para conseguir dinheiro e não se importa com nada, nem ninguém. Mas sua vida muda quando ele tem problemas com o cheiro de um ralo em seu escritório, e precisa se relacionar com uma pessoa indesejada.

Direção: Heitor Dhalia

Veja o trailer:

Tatuagem (2013)

Quando Paulete (Irandhir Santos), a estrela de um grupo de teatro recebe a visita de um jovem militar (Jesuíta Barbosa), começa um relacionamento complexo em plena ditadura militar.

Direção: Hilton Lacerda

Veja o trailer:

Durval Discos (2002)

Durval (Ary França) vive com sua mãe (Etty Fraser) em um local onde também mantém a sua decadente loja de discos, já que ele insiste em não se render aos cds. Quando ele e sua mãe decidem contratar uma empregada (Letícia Sabatella) que aceita trabalhar por apenas cem reais, ela desaparece alguns dias depois e deixa uma enorme surpresa.

Direção: Anna Muylaert

Veja o trailer:

As Boas Maneiras (2017)

Ana (Marjorie Estiano), uma jovem de classe média, contrata Clara (Isabel Zuaa), uma solitária enfermeira moradora da periferia de São Paulo, para ser babá de seu filho que ainda não nasceu. Enquanto a gravidez avança, Clara começa a reparar que Ana está se comportando de uma forma muito estranha.

Direção: Juliana Rojas, Marco Dutra

Veja o trailer:

Curtiu a lista? Então compartilha com os amigos e marque aquele cinema em casa!