Rub and Tug | Scarlett Johansson abandona filme em que interpretaria homem trans

Scarlett Johansson está fora do drama Rub and Tug. Apenas alguns dias depois de sua escalação enquanto um homem trans ter gerado tantos debates entre a comunidade e ativistas da causa trans. A polêmica começou quando Scarlett Johansson, a direção e a produção foram golpeados nas mídias sociais com uma grande pressão sobre a visibilidade de atores e atrizes trans.

“À luz das recentes questões éticas levantadas em torno da minha escalação como Dante Tex Gill, decidi retirar minha participação do projeto respeitosamente”, disse Johansson à Out Magazine, em um comunicado. “Nossa compreensão cultural das pessoas trans continua avançando, e eu aprendi muito com a comunidade desde que fiz minha primeira declaração sobre a minha escalação e percebi o quanto fui insensível. Tenho grande admiração e amor pela comunidade trans e agradeço que a conversa sobre inclusão em Hollywood continue. De acordo com a GLAAD, os personagens LGBTQ+ caíram 40% em 2017 em relação ao ano anterior, sem representação de caracteres trans em nenhum grande lançamento de estúdio” .

Antes de anunciar a sua saída do papel, Scarlett Johansson enviou uma declaração um tanto quanto desrespeitosa à comunidade trans, o que gerou um furor ainda maior. A atriz disse: “Diga-lhes que eles podem ser direcionados aos representantes de Jeffrey Tambor, Jared Leto e Felicity Huffman para comentar”.

Na sua declaração ao abrir mão de sua participação, a atriz disse ainda que: “Embora eu tenha adorado a oportunidade de trazer a história e a transição de Dante à vida, entendo por que muitos acham que ele deveria ser retratado por uma pessoa transexual, e agradeço que esse debate, embora controverso, tenha provocado uma conversa mais ampla sobre a diversidade e representação no cinema” e continua: “Acredito que todos os artistas devam ser considerados iguais e justos. Minha produtora, a These Pictures, busca ativamente projetos que sejam mais do que entretenimento e ultrapassem fronteiras. Estamos ansiosos para trabalhar com todas as comunidades para levar essas histórias mais pungentes e importantes para o público em todo o mundo.”

Rub and Tug narra a história de Dante “Tex” Gill, um chefão do crime que usou seu salão de massagens como fachada para prostituição nos anos 70 e 80. Gill nasceu Lois Jean Gill.