Terça Afro | Espaço sociocultural independente é território de afetos em São Paulo, confira:

O quilombo urbano Terça Afro é um espaço sociocultural independente, um lugar de afeto, produções, troca de saberes ancestrais e ações políticas da população negra. O projeto existe há mais de seis anos, mas somente nos dois últimos anos, conseguiu um espaço físico para as suas atividades.

Localizado na região norte de São Paulo, o espaço, idealizado por sete gestores culturais, possui estrutura de home estúdio musical, sala com espaço para leitura, cozinha, galpão para realização de atividades, além de uma mini lojinha para a venda de produtos de afroempreendedores.

“Há quase 7 anos eu pulso diferente, recebo um legado e materializei junto com pessoas maravilhosas e criamos o Terça Afro, um projeto que teve morada e circulou por alguns lugares, fez rede com pessoas incríveis e cresceu através do cuidado de muitas mãos e até hoje é quem me dá muito sentido de falar de um lugar possível de troca, dialogo, acolhida e afeto, sim afetos, entre nossas inúmeras questões foi junto com ele que me construí e me formei como corpo de posicionamento político”, conta Danuza Novaes, uma das idealizadoras do projeto, gestora cultural e cantora.

No espaço acontecem rodas de conversa, encontros, formações continuadas, peças teatrais, shows, ações para a infância e atividades físicas, atividades totalmente gratuitas que fomentam um novo olhar social para a população negra periférica.

Agora, para continuar a funcionar como um território de construção coletiva e de afetos, o Terça Afro precisa de apoio. Para contribuir com o projeto, você deve clicar aqui e conferir mais sobre a proposta. Ah, você também ajuda clicando em compartilhar esse post. Alimente as boas causas!