Jazzmin’s Big Band | Conheça a primeira Big Band brasileira formada somente por mulheres

FOTO JAZZMIN´S
Jazzmin’s Big Band

O Jazzmin´s Big Band é um projeto musical de São Paulo/SP que reúne dezesseis mulheres entre 16 e 70 anos e mistura musicistas populares e eruditas, propiciando assim, timbres diferentes que resultam em arranjos bem característicos à banda. Foi formada em 2016, com o intuito de apresentar a música para além das fronteiras de gênero e, portanto, enquanto campo também pertencente ao universo das mulheres. A banda atua enquanto agente divulgador da produção musical feminina através de shows em festivais de jazz e da produção de conteúdo audiovisual que retrata a presença da mulher enquanto produtora de música.

A “BigBand” feminina foi inicialmente pensada pela saxofonista e flautista Lis de Carvalho e pela pianista Paula Valente, objetivando aumentar a visibilidade da mulher na música. Segundo Lis de Carvalho, “a música é uma arte, e arte não tem gênero. Todo mundo pode tocar sem preconceitos”. Para além da musicalidade, a banda apresenta-se enquanto importante referencial tanto às mulheres que já são musicistas quanto às que pretendem iniciarem-se no campo, devido a histórica invisibilidade feminina na área.

JAZZMIN´S GERAL
Jazzmin’s Big Band 

A mulher normalmente é retratada enquanto a musa inspiradora do fazedor de música, a companheira fiel, assim como também é objetificada enquanto forma de entretenimento masculino nos meios de comunicação de massa. Portanto, raramente tem a oportunidade de ser reconhecida enquanto portadora de conhecimento intelectual, utilizando-se de sua visibilidade midiática para abordar questões caras ao lugar da mulher na sociedade contemporânea, assim como de tornar-se referencial no campo da música instrumental.

O Jazzmin’s Big Band tem a sua atuação apreciada por um público normalmente composto por conhecedores dos códigos de música, devido ao grau elevado de compreensão musical – condição reverberada pela grande mídia através da figura do especialista – que é comumente característico aos apreciadores e apreciadoras dos gêneros jazz e erudito. O que por um lado pode ser visto como um público pouco amplo para a divulgação de sua produção artística, por outro lado o reconhecimento dos ditos entendedores de música, ampliam a sua visibilidade midiática, fazendo com que a apreciação antes pertencente a um grupo específico e seleto formado em sua maioria por homens, agora traga a visibilidade à representação feminina na música instrumental, através de sua divulgação por mídias alternativas, principalmente por meio da internet, alcançando assim, um público amplo para a música de orquestra.

Então, escute e conheça um pouco mais sobre o Jazzmin’s Big Band por elas mesmas no teaser abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.