Lista | Os dez melhores álbuns internacionais de 2017

2017 foi mais um ano de muitos lançamentos e inovações musicais, assim como um ano em que grandes – e também novos – nomes da música conseguiram se reinventar sem perder a qualidade. Sabemos que é muito complicado tentar colocar em uma lista curta álbuns tão distintos, mas igualmente marcantes, portanto, aqui estão apenas os nossos álbuns favoritos dentro de tanta coisa boa lançada neste ano.

After Laughter – Paramore

52352910
After Laughter – Paramore (Capa)

“[After laughter] Significa aquela expressão no rosto de uma pessoa depois que ela ri bastante e então tem aquele momento onde ela volta para a realidade – eu gosto de ver isso.” – Hayley Williams

Escute aqui.

Lust for Life – Lana Del Rey

1200x630bb
Lust for Life – Lana Del Rey (Capa)

“[Lust for Life] Ele tem um sentimento de liberdade e luminosidade estando neste presente momento. E isso traz esse sentimento de paixão pela vida, quando você não sente tudo aquilo do passado que te deixava pra baixo.” – Lana Del Rey

Escute aqui.

Harry Styles – Harry Styles

Harry-Styles-Harry-Styles-2017
Harry Styles – Harry Styles (Capa)

“Foi uma busca por uma nova identidade. Um plano foi traçado.” – Harry Styles

Escute aqui.

Melodrama – Lorde

lorde-melodrama-cover-1488482591-413x413
Melodrama – Lorde (Capa)

“Como uma festa, há aquele momento em que uma grande música vem e você está em êxtase, e então há aquele momento, mais tarde, onde você está sozinha no banheiro, olhando no espelho, você não acha que está bem e então começa a se sentir horrível.” – Lorde

Escute aqui.

Masseduction – St. Vincent

st-vincent-masseduction-capa
Masseduction – St. Vincent (Capa)

“Este disco é sobre poder, sedução em grande e em pequena escala. Sedução política ou a sedução sexual, a sedução de produtos químicos e drogas.” – St. Vincent

Escute aqui.

Concrete and Gold – Foo Fighters

foo-fighters-concrete-gold-capa-696x696
Concrete and Gold – Foo Fighters

“Toda vez que começamos um disco, Dave diz: ‘Precisamos fazer algo estranho neste álbum’. E depois nós sempre recuamos um pouco e falamos: ‘Vamos apenas fazer um bom disco de rock and roll’. Este é um álbum estranho.”  Taylor Hawkins

Escute aqui.

Carry Fire – Robert Plant

robert-plant-carry-fire-midias-696x479
Carry Fire – Robert Plant (Capa)

“Não dá para pensar no passado. É sempre necessário estar em movimento” – Robert Plant

Escute aqui.

I See You – The XX

xx-i-see-you-capa
I See You – The XX (Capa)

“É difícil fazer com que uma música feliz não soe doce demais, cafona demais. É muito mais difícil compor se você estiver muito feliz, curtindo a vida, super apaixonado. Um coração partido te inspira a escrever melhor.” – Oliver Sim

Escute aqui.

Semper Femina – Laura Marling

a3af7b5c9a92d4635aa4a7a7bbce2c4a.1000x1000x1
Semper Femina – Laura Marling (Capa)

“Comecei a escrever Sempre Femina como se um homem estivesse escrevendo sobre uma mulher. Então pensei: ‘Não é um homem, sou eu’. Não preciso fingir que sou um homem para justificar a intimidade, a maneira como observo e o que sinto sobre as mulheres” – Laura Marling

Escute aqui.

Wonderful Wonderful – The Killers

Wonderful-Wonderful-capa-do-album
Wonderful Wonderful – The Killers (Capa)

“Estou dando uma volta. Estou virando a caneta pra mim. Eu estou olhando no espelho neste disco e me concentrando muito em minhas próprias experiências pessoais.” – Brandon Flowers

Escute aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.