Veja Mulheres | 10 filmes dirigidos por mulheres na última década (semana 2)

Durante este período de pandemia e quarentena é difícil manter as coisas em ordem, a casa arrumada e a cabeça tranquila. Por esses motivos, essa lista – que deveria ser semanal – demorou a sair. Pedimos desculpas aquelas e aqueles que nós acompanham, mas às vezes precisamos dar um tempo aqui para que possamos absorver todas essas informações confusas e cruéis que acontecem no Brasil e no mundo.

Mas, finalmente, trazemos para vocês a segunda semana dessa lista tão importante:

Divulgar produções realizadas por mulheres é uma das maiores finalidades do nosso trabalho, por isso, resolvemos criar uma série de listas para divulgar produções de mulheres e começamos com uma lista com dez filmes lançados nesta última década (2010-19) dirigidos por mulheres.

E durante dez semanas, iremos trazer uma nova lista com outros dez filmes com mulheres na direção. Portanto, ao todo, indicaremos 100 filmes dos últimos dez anos com mulheres por trás das câmeras.

Então, sem mais delongas, confira os filmes selecionados para a semana dois (confira a primeira semana aqui):

O Cavalo de Turin (2011)

O filme é uma recriação do que teria ocorrido com um cavalo após ter sido salvo da tortura pelo filósofo alemão Friedrich Nietzsche durante uma viagem a Turim, na Itália. O animal de um fazendeiro se recusava a comer e a andar e por isso seria alvo de crueldade.

Direção: Béla Tarr, Ágnes Hranitzky

Mustang (2015)

Cinco irmãs de um vilarejo turco são punidas depois de brincarem com os meninos, ato considerado escandaloso pela religião muçulmana. Elas são mantidas presas em casa enquanto a família busca casamentos arranjados.

Direção: Deniz Gamze Ergüven

Happy As Lazaro (2018)

Neste leitura livre da história bíblica, Lazzaro é um garoto pobre e pouco inteligente, mas extremamente bondoso. Ele é explorado pelos familiares, fazendo trabalhos forçados diariamente, além de colaborar com a marquesa, proprietária das terras onde vivem. No entanto, após uma tragédia, Lazzaro retorna à vida no século XXI. Ele não compreende mais a lógica deste mundo, mas pretende reencontrar a sua família e viver como antigamente.

Direção: Alice Rohrwacher

Era o Hotel Cambridge (2016)

Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Os novos moradores do prédio têm que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Direção: Eliane Café

Tomboy (2012)

Laurie, uma menina de 10 anos com dificuldades de socializar, se faz passar por garoto para fazer amizade com as crianças da vizinhança, mas sua crescente conexão com a amiga Lisa acaba gerando uma crise de identidade.

Direção: Céline Sciamma

Verão 1993 (2017)

Depois da morte de sua mãe, Frida é obrigada a se mudar para a casa dos tios. E isso terá muitas consequências.

Direção: Carla Simón

Sem Rastros (2018)

Um pai e sua filha de 13 anos levam uma vida paradisíaca no enorme Forest Park, uma vasta floresta nos arredores de Portland, Oregon, até que um pequeno erro atrapalha suas vidas para sempre.

Direção: Debra Granik

Grave (2016)

Após ser obrigada a comer carne crua num trote da faculdade, uma jovem vegetariana é dominada por uma vontade avassaladora de devorar carne em qualquer forma.

Direção: Julia Ducournau

Como Nossos Pais (2017)

Rosa é uma mulher que almeja a perfeição como profissional, mãe, filha, esposa e amante. Filha de intelectuais e mãe de duas meninas pré-adolescentes, ela se vê pressionada pelas duas gerações que exigem que ela seja engajada, moderna e onipresente.

Direção: Laís Bodanzky

The Nightingale (2018)

Tasmânia, 1825. Uma jovem irlandesa de 21 anos testemunha o assassinato brutal de seu marido e seu bebê por seu mestre soldado e seus amigos. Sem conseguir justiça, ela decide então fazer vingança com as próprias mãos e parte em jornada pelo deserto, acompanhada por um aborígene.

Direção: Jennifer Kent