Brasileiros são premiados no Prêmio Internacional de Mangás do Japão

O mangá nacional Ye, criado pelo brasileiro Guilherme Petreca, foi premiado com a medalha de prata no 13º Prêmio Internacional de Mangás do Japão.

Outro brasileiro premiado foi Lucas Marques, com o mangá Ritos de Passagem, que recebeu uma medalha de bronze.

345 obras de 66 países participaram desta edição do prêmio. 15 livros foram premiados, um com a medalha de ouro, três com medalhas de prata e onze receberam a de bronze.

Os vencedores classificados com ouro e prata participarão da cerimônia oficial de premiação do 13º Prêmio Internacional de MANGA do Japão, em Tóquio, no próximo dia 18/02/2020 sendo recebidos pelo senhor Toshimitsu MOTEGI, Ministro dos Negócios Estrangeiros do Japão.