Sofrência: 70% dos brasileiros procuram por novas músicas após o término de um relacionamento

Já falamos aqui sobre uma pesquisa que afirma que pessoas deixam de procurar por novas bandas ou músicas após determinada idade, apegando-se, normalmente, às músicas que escutavam em suas juventudes. Agora, uma nova pesquisa demonstra ainda mais que a nossa atividade musical está diretamente ligada à nossa vida pessoal.

Na nova pesquisa realizada pelo serviço de streaming Deezer com participantes da França, Brasil, EUA e Alemanha, o resultado é que as pessoas procuram por novas músicas quando terminam um relacionamento. Daqueles que se separaram recentemente, 66% admitem que buscam por novas músicas para passar pelo momento de tristeza. No Brasil, o número é ainda maior, 70% desejam músicas novas para chorar.

Já 25% procuram por novas músicas para se superar e garantir a autoestima após o fim, enquanto 21% fingem gostar de algo para conquistar um novo amor (não façam isso, por favor). Outros fatores que nos deixam mal, como as doenças e o estresse também fazem as pessoas procurarem por novos sons, 39% e 76% respectivamente.

Quando estão felizes, 32% tendem a procurar por novidades, ou seja, a música funciona melhor quando estamos para baixo. Mas a gente recomenda música o tempo inteiro, então, minha gente, vamos procurar por coisas novas, porque a roda da música não pode parar!