The Liverbirds: conheça a história da primeira banda de rock feminina do Reino Unido

Um novo ano está logo ali e a gente acredita que você não pode iniciá-lo sem conhecer essa banda.

O The Liverbirds foi nada mais, nada menos do que o primeiro grupo de rock formado somente por mulheres do Reino Unido. A banda nasceu na mesma época que dos Beatles e, curiosamente na mesma cidade. Mas, como aqui estamos falando de mulheres, o destino delas você pode deduzir como dois mais dois são quatro, que foi bem diferente daquele dos meninos de Liverpool.

Mas como os tempos estão mudando, com muito trabalho diário de mulheres incríveis, o The New York Times resolveu contar mais essa história de mulheres – que o mundo masculino do rock fez questão de esquecer – através de um documentário.

Valerie Gell, Pamela Birch, Mary McGlory e Sylvia Saunders se reuniram em 1963 em Liverpool. De acordo com Mary, que ao lado de Sylvia são as integrantes que permanecem vivas, a inspiração para a banda veio justamente dos Beatles, após ela vivenciar um show da banda. Para Mary, ter uma banda de rock significava ganhar bastante dinheiro, uma oportunidade de retribuir as pessoas que ajudaram a sua família após a Segunda Guerra.

O grupo acabou dando certo, e elas até mesmo conheceram John Lennon, que disse que a banda nunca daria certo porque “meninas não sabem tocar guitarra”. Contudo, contrariando Lennon, as jovens seguiram até o ano de 1967, quando a maternidade afastou a baterista Sylvia dos palcos. No mesmo ano, o marido Valerie sofreu um acidente, o que o deixou paralisado, fazendo com que ela abandonasse a carreira para cuidar do marido. Dois destinos que certamente seriam diferentes caso as duas fossem do sexo oposto.

A banda ainda realizou uma turnê pelo japão em 68, contratando novas integrantes, e essa foi a última participação do grupo na história do rock.

E para você conhecer mais sobre esta banda icônica desconhecida, basta assistir ao documentário logo abaixo. É só dar o play: