The Crown | Claire Foy recebeu menos do que Matt Smith nas duas temporadas

Vencedora do Globo de Ouro, dois SAGs (Sindicato dos Atores) e dona de uma interpretação magistral da rainha da Inglaterra, aclamada pela crítica por dois anos seguidos, Claire Foy é mais uma das mulheres protagonistas que receberam menos do que homens em papeis secundários.

Estamos falando de The Crown, série mais cara da Netflix, que estreou no fim de 2016. A informação foi confirmada pelos produtores da série durante um evento em Jerusalem. De acordo com a Variety, a produtora executiva Suzanne Mackie afirmou que Matt Smith recebeu mais devido ao fato dele ser conhecido mundialmente após ter  interpretado o papel principal em Doctor Who durante três temporadas.

A produtora ainda afirmou que a discrepância salarial não ocorrerá mais daqui para frente: “ninguém receberá mais do que a rainha”, o problema é que Claire Foy não poderá usufruir dessa nova forma de pagamentos, já que todo o elenco será substituído para as próximas temporadas. A série pretende retratar seis décadas da família real, caminhando até os dias atuais.

Claire recebeu cerca de 40 mil dólares por episódio, enquanto Elizabeth Moss, vencedora do Globo de Ouro 2018, recebeu cerca de 200 mil por episódio, na série The Handmaid’s Tale.

Se a justifica foi a de que Matt era mais conhecido, esperamos que Claire, por todos os prêmios e indicações tenha salários justos daqui para frente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.